ENTÃO JESUS CHEGOU E CHAMOU


ENTÃO JESUS CHEGOU E CHAMOU
13 de Fevereiro de 1964
Tulare – Califórnia – E.U.A.
Tradução – GO


1 Eu desejo ler em São João , capítulo II, começando no versículo 18.
Ora Betania distava de Jerusalém quase quinze estádios:
E muitos dos Judeus tinham ido consolar a Marta e a Maria, acerca de seu irmão.
Ouvindo pois Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.
Disse pois Marta a Jesus Senhor, se Tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
Mas também agora sei que tudo quanto pedires a…..Deus, Deus to concederá.
Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e….a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;
E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?
Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo. [E observem isso!].
E, dito isto, partiu, e chamou em segredo a Maria, sua irmã, dizendo: O Mestre está cá, e chama-te.
2 Oremos. Pai Celestial, confirma estas Palavras em nossos corações, esta noite, enquanto esperamos em Ti agora. Tua Palavra, Teu servo, e o texto, seja tudo confiado a Ti, em Nome de Jesus Cristo. Amém.
Podeis vos assentar.
3 Meu propósito em estar aqui é tentar ajudar o povo de Deus. Não tanto no que concerne orar, e impor as mãos sobre os doentes, mas que eles possam reconhecer Jesus Cristo em nosso meio, o Filho de Deus em nosso meio. Estamos falando esta noite sobre este tema: Então Jesus chegou e chamou.
4 Agora, neste tempo sobre o qual estamos falando, foi um tempo muito triste. Se você alguma vez leu a história na vida de nosso Senhor, nós descobrimos que Ele era um grande amigo deste rapaz, Lázaro. Ele era…Após a partida de José, ou ele partiu e veio morar com Marta, Maria, e Lázaro. E eles eram grandes amigos. Eles tinham….Ele era como um pastor para eles, um – um verdadeiro amigo. E Lhe faziam pequenas coisas para vestir, um sobretudo para vestir, eu creio, eles alegam, foi tecido inteiramente sem um costura. E então eles Lhe tinham feito coisas, porque criam n’Ele. Aconteceu que eles – eles tinham crido e visto aquilo. Eles tinham deixado a igreja, e assim por diante, para segui-Lo. E isso era uma grande coisa naquele dia, pois abandona-la, podia ter como penalidade até mesmo a morte.
5 Porém, Jesus, este Camarada que estaca andando por lá como alegavam, dilacerando suas igrejas, e dizendo má coisa a respeito do seu pastor, e – e assim por diante, Ele tinha lhes causado um grande dano, eles achavam. E – e até mesmo confessa-Lo significaria ser posto para fora das sinagogas. E então se você estivesse fora da igreja, eles – eles achavam que você não tinha qualquer – qualquer chance de redenção. Se você não pertencesse a alguma de suas seitas, como Fariseus, Saduceus, ou algo, não havia qualquer redenção se você estivesse fora disso. E se eles tinham o direito, as chaves, e eles podiam simplesmente expulsa-lo se quisessem. Esse era seu próprio dito. Não admira que Jesus dissesse: “Vós, pela vossa tradição, tendes invalidado a Palavra de Deus.” Vêem?
6 E agora tem-se repetido novamente, porque todos nós sabemos que a história se repete de vez em quando. E é triste dizer, mas estava profetizando repetir-se, e aconteceu de novo.
Nós descobrimos que Jesus não tinha boa reputação.
7 Muitas vezes, as pessoas querem julgar o homem que não concorda com elas. Nós não devemos fazer isso. Nós podemos discordar um do outro, e mesmo assim sermos cordiais. Se eu não pudesse discordar de um homem, e mesmo assim amá-lo e orar por ele, e discordar dele com base na Escritura, e para um melhor esclarecimento, então eu não lhe diria nada. Eu sempre quero discordar dele, cordialmente, porque o amo, e eu – eu certamente não quero que ele se perca. E ele deve agir da mesma forma comigo; nós não queremos nos perder. E devemos basear nossos pensamentos sobre o que a Palavra diz. Que a Palavra seja a Verdade. Não nosso credo ou nossos pensamentos, porém o que Ele diz; nenhuma interpretação particular, apenas o que a Palavra diz.
8 Outra noite, eu fiz algo e aquilo pareceu quase sacrilégio, eu creio que foi em um desjejum ministerial outra manhã. Eu coloquei Jesus em um julgamento. Eu disse, “Assim como eles fizeram então, fazem eles hoje.” Talvez fosse bom se eu o repetisse só por um momento, se tivermos o tempo. Agora, eu disse, hoje descobrimos que….
9 Na reforma de Lutero, ele, no tempo disso, ele disse que o justo viverá pela fé. “O homem que crê, é quem O obteve.” Mas nós descobrimos que muitos deles diziam que criam, e não O tinham.
10 Nos dias de – de John Wesley, se eles obtivessem a segunda benção, que chamaram de santificação, completa santificação, eles ficavam felizes e gritavam. “Todo aquele que gritou, O obteve” Mas eles descobriram que eles não O tinham. Uma porção deles gritava, e não O tinha.
11 Nos dias de Pentecostes, eles disseram, “Agora veio a restauração dos dons, o batismo do Espírito. Aquele que fala em línguas, O obteve”. Nós descobrimos que muitos falavam em línguas, e não O tinham.
12 Assim eles dizem, “Bem, o fruto do Espírito, é isso O que era.” Oh, não, não o fruto do Espírito. A Ciência Cristã tem isso, onde dificilmente….Amor é o fruto do Espírito. Então, e eles têm mais amor do que qualquer um, e neguem a Divindade de Jesus Cristo; consideram-No apenas um profeta, apenas um homem comum. Vêem? Assim isso não resolve.
13 Permitam-me questionar isso por um minuto. Vamos levar Jesus a julgamento. E Deus me perdoe por esta declaração, aqui da plataforma, mas vou estar contra Ele por um minuto, só para trazer-lhes a Luz. Vêem?
14 “Agora eu tenho duas pessoas aqui esta noite; eu estou lhes falando. Eu estava de volta a outro dia quando Jesus de Nazaré estava na terra. Eu venho a vocês, e para convencê-los contra este Camarada. Jesus de Nazaré. Agora todos nós sabemos que Deus é amor. A Bíblia diz que Ele é. Muito bem, e o amor, o Espírito é long-….. longanimidade, benignidade, paciência, mansidão, e assim por diante, e amor. Agora eu diria, eu quero lhes perguntar algo. Nós vamos tomar o que – que conhecemos, um Cristão.
15 “Olhem para este vosso velho sacerdote, Seu tataravô era um sacerdote. Ele teve de nascer nessa linhagem de Levitas, para ser um sacerdote. Nós descobrimos, agora, que ele não teve uma juventude como o resto de vocês teve. O que ele faz? Ele se sacrifica, ele está lá para estudar a Palavra, a Palavra de Deus. Ele a examina, dia e noite, tem de conhecer cada letra dela, cada palavra no rolo. Ele tem de conhecê-la de cor. Ele – ele, deve saber qualquer coisa sobre ela.
16 “Então, além disso, quando seu pai e sua mãe se casaram, quem os uniu como marido e mulher? Vosso pio e velho sacerdote. Quem foi que veio ao seu pai quando ele estava em necessidade e devia algum dinheiro sob hipoteca de sua fazenda, e os credores iam tomá-la. Quem permaneceu ao seu lado? Vosso bom velho sacerdote. Quem permaneceu ao lado de sua mãe no quarto quando ela estava dando a luz a você? O bom velho sacerdote. Quem vem a você quando está doente e necessitado? Vosso bom velho sacerdote. Quem é que o abençoou e o confiou a Deus, e o circuncidou ao oitavo dia? Vosso bom velho sacerdote. Quando seu pai e mãe estavam para se divorciar, quem os reconciliou, manteve-os juntos? Vosso bom velho sacerdote. Quando há problemas na vizinhança, quem cuida disso? Vosso bom velho sacerdote. Certamente”.
17 “Agora este bom velho sacerdote sabe que a Bíblia disse que Deus requer um cordeiro para um sacrifício. Muitos de vocês homens são negociantes, e assim não criam carneiros, embora Deus requeira um carneiro. Eles faziam algumas cocheiras Lá em cima, e vendiam seus carneiros de maneira que os – os negociantes podiam subir e compra-los, oferecendo um sacrifício por suas almas, o qual Deus requer”.
18 “O que fez este jovem Camarada, chamado Jesus? De onde Ele veio? Disse que Ele nasceu, de um nascimento virginal. Quem jamais ouviu tamanha tolice? Nós sabemos que Sua mãe O teve antes que ela e José houvessem nasc…ou ela e José houvessem casado, ele nasceu. Agora nós descobrimos que Ele tem um – Ele tem um mau nome, para começar.
19 “Que cartão de membro Ele tem? Mesmo que fosse um Homem piedoso, a que grupo Ele se ajuntou? Quando o vosso sacerdote estudava, estudava, estudava, para conhecer essa Palavra; aqui surge Ele, desfazendo o que ele tem construído. Vocês chamariam isso de ‘Deus’? Certamente que não”.
20 “Agora, outro dia, quando vosso sacerdote tinha feito aquele lugar lá em cima, o ….e para onde você podia comprar e sacrifício, o que este jovem camarada fez? Bondade? Ele bateu, juntou alguns cordéis, alguns…?…e olhou para as pessoas, com ira; chutou aquelas mesas, e expulsou-os de lá. E vocês chamam isso de frutos do Espírito. Olhando para eles, com ira? E, olhem, privando o homem de sua oportunidade de adorar Jeová! O homem de negócios quer adora-Lo; ele não cria cordeiros, e ele foi lá para compra-lo. E Ele virou aquilo, e os chutou, e os expulsou.”
21 Quem tem o fruto do Espírito ali? Vêem? Aí está. Vêem, não fruto do Espírito, não falar em línguas, não gritar.
22 Você diz, “Então, Irmão Branham, qual é a evidência? Qual é a evidência?” A vindicação da Palavra na hora.
23 Eles tinham a Bíblia. Ele era exatamente o que Jeová dissera que aconteceria. Não precisa de qualquer interpretação. Estava interpretação lá. Lá estavam seus sacerdotes, lá estava tudo que tinham, e tudo mais tão rotineiro e tudo, mas mesmo assim eles falharam em ver a Palavra. E Ele vivificou aquela Palavra para aquela era. Essa era a evidência daquela era.
24 Lutero tinha a evidência da sua era, Wesley da sua era, Pentecostes da sua era, mas nós estamos em outra era. Aquelas coisas são boas. Mas como o bebê, tem um dedo, um olho, e nariz, mas após um espaço de tempo ele tem que se tornar um ser humano. Ele tem que se tornar uma – uma criança madura; então nascer, ter uma alma, corpo, espírito, poder se movimentar.
25 Agora nós aprendemos que, tudo isto, Jesus tinha declarado a apenas uns poucos. Apenas aqueles que Ele ordenava à Vida, O viram. Não grandes multidões; Seu grupo nunca poderia ser como os grupos de Caifás. Ora, caifás poderia ter reunido toda a nação. Jesus reuniu apenas uns poucos, Não muitos O conheciam. Milhares vezes milhares, quando Ele veio a terra, Ele passou pela terra, e nem mesmo souberam que Ele esteve aqui.
26 Assim fizeram eles de novo! Ele virá para aqueles que são chamados à Vida. Ele sabe quem é chamado à Vida. E Ele não….É seu assunto cuidar disso.
27 Agora nós notamos que então eles saíram da igreja, e tinham crido n’Ele. Tudo o que a Palavra falara sobre Ele, lá estava Ele.
28 E um dia Ele deixou o lar deles. Eu quero falar de três coisas: Jesus partira; a morte veio; e todas esperanças se foram. Eu quero falar sobre essas três coisas por uns poucos minutos.
29 Jesus partira. E quando Ele parte, a dificuldade entra. Agora quando Ele o deixa, ou o lar onde você mora, a dificuldade está a caminho. Satanás tem uma porta aberta quando Jesus parte.
30 Ele se fora, e – e tão logo Ele o fez, então a morte entrou. E quando Jesus sai, a morte entra. Estar separado d’Ele significa morte, assim a morte entrou quando Jesus saiu.
31 E a morte tinha permanecido com Lázaro. E então Aquele em quem criam e amavam, eles mandaram buscá-Lo para vir orar por Lázaro, porque eles O tinham visto e sabiam que Ele conhecia Deus, que tudo que Deus….Marta expressara isso lá atrás, “Agora tudo quanto disseres a Deus, Deus o fará. “Ela reconhecia que Ele e Deus eram um. Ele era a Palavra da hora, assim ela reconheceu isso. E ela sabia, se pudesse ao menos entrar em contato com Ele, mas Ele se fora e eles não podiam falar com Ele. E eles mandaram busca-Lo, e , ao invés d’Ele vir, Ele continuou mais além. E então eles mandaram de novo, e, ao invés d’Ele vir, Ele continuou mais além.
32 Muitas vezes imaginamos porque essas coisas acontecem, mas não diz a Escritura que, “Todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus”? Ele sabe o que está fazendo. Se Ele demora, isso está bem. Ele sabe o que está fazendo. Havia um propósito.
33 Descobrimos que Ele disse, em São João 5:19, “Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por Si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer ao Pai.”
34 O Pai lhe falara para ir embora, e ficar afastado por tantos dias. Após terem se cumprido os dias, então Ele disse o que disse então, que, “Nosso amigo Lázaro dorme”.
E ele disse, “Bem. Ele faz bem.”
35 Ele disse, “Ele está morto. E fogo por amor de vós de que eu lá não estivesse.” Porque, eles tinham estado tentando levá-lo até ele, para curá-lo ou dizer o que tinha de ser feito. Porém Ele sabia o que devia ser feito, assim Ele fizera exatamente o que Lhe estava ordenado fazer: permanecer longe. Notem-No na sepultura quando Ele voltou. Ele expressou isso quando voltou e achou este lar.
36 Todas as esperanças se foram. Lázaro tinha morrido. Cada hora, eles se mantinham pensando, “Ele poderia aparecer. Ele poderia aparecer. Ele poderia voltar.” Finalmente, ele morreu, o fôlego da vida o deixou.
37 Eles saíram, o embalsamaram, retirando o sangue de seu corpo, envolveram-no em linho, especiarias, e o embalsamaram e o puseram dentro do sepulcro, colocaram uma pedra sobre o sepulcro, o qual era o costume deles de sepultamento naqueles dias. Um buraco na terra , talvez na rocha, e colocavam uma pedra sobre o seu topo, que era o costume deles.
38 O primeiro dia passou, o segundo dia passou, o terceiro dia passou, o quarto dia passou, o homem já estava apodrecendo na sepultura. Seu nariz provavelmente se desmanchara. Essa, eu penso que essa é a primeira coisa que se desmancha, é o nariz. E ele já estava podre. Sua – sua carne voltara para o pó, da terra, ou estava voltando. Sua alma estava quatro dias a caminho de algum lugar, saindo dele.
39 Todas as esperanças de vê-lo novamente, nesta vida, se foram. E então quando todas as esperanças tinham acabado….Eles tinham esperado, “Talvez se Ele vier no primeiro dia, segundo dia!” Não. Então ele morreu, e Ele não veio. Então o desespero se estabeleceu.
40 Após um tempo houve alguém que lhe deve ter dito, “O Mestre está lá fora.” E lá vai Marta rua abaixo!
41 Jesus chegou naquela hora sombria quando toda esperança se fora. É aí quando Ele habitualmente vem. Vêem? Ele chega exatamente naquela hora mais sombria, então Jesus aparece em cena.
42 Agora observem, Ele chegou e chamou por Marta. Sua presença trouxe novas esperanças. Não importava que o rapaz estivesse morto, mesmo assim Sua Presença traz nova esperança.
43 Você pode estar sentado aqui esta noite, meu amigo, tendo sido desenganado pelos médicos, com câncer, problema cardíaco. Talvez em uma cadeira, inválido, toda ciência disse que não há esperança para você; o depósito de cálcio tem – tem envolvido seus – seus – seus ossos, que você não pode mais flexiona-los. Ou, então seu – seu coração está tão ruim, que o médico diz que você pode partir a qualquer minuto. Oh, e grandes quantidades de pessoas com câncer e tuberculose, talvez a última esperança que você tenha, e pode ser que o médico tenha recusado você. Mesmo assim, estar na Presença e reconhecimento da Presença de Jesus Cristo, traz esperanças de novo.
44 Alguém pode até mencionar isso para você. Talvez você nunca tenha ouvido a respeito disso antes, mas deixe que alguém diga, “Eu sei onde há uma igreja, eles crêem em Deus e oram pelos doentes,” rapidamente então (você está para morrer), vê, nascem novas esperanças. Isso sempre acontece. Naquela hora sombria, é quando geralmente alguém diz algo sobre isso, lhe fala sobre Jesus. Sua Presença trouxe novas esperanças.
45 Que Ele possa fazer a mesma coisa esta noite, como fez a última noite, quando vemos aquela Palavra vindicada sem qualquer sombra de dúvida, que tem sido manifesta provada; que aquele Jesus que viveu há mil e novecentos anos atrás, que morreu no Calvário, ressuscitou no terceiro dia, e apareceu àqueles discípulos e abriu seus olhos, e fez esta promessa do dia, está aqui mesmo esta noite em nossa presença agora. Está fadado a trazer esperanças às pessoas. Brotam novas esperanças.
46 Talvez alguém dissesse, “A igreja tem estado um tanto árida por um tempo. Não temos tido qualquer boa água fresca por – por – por uns poucos meses. Não temos tido um reavivamento. Parece que todos estão tão estagnados, ou alguma outra coisa. Nós simplesmente vamos à igreja e cantamos um hino, e – e ouvimos umas poucas mensagens e voltamos.” Mas de repente, então, quando começamos a secar, então Jesus aparece em cena, reaviva-nos, dá-nos alguma coisa nova. Ele está sempre aí para fazer isso. Novas esperanças surgem quando – quando Jesus chega. Sua Presença traz nova esperança.
47 Ela sabia que Ele era aquela Palavra de Deus manifesta. Ela tinha visto aquela era. Oh, se ela não tivesse, ela teria permanecido Ortodoxa ainda. Ela teria pertencido à igreja ainda. Mas ela viu aquela Palavra prometida. Ela viu aquela Palavra prometida manifesta por Ele e sabia que Ele era aquela Palavra viva. E quando ela ouviu sobre aquilo, ela não se preocupou com quantos a criticassem, ou o que mais, ela saiu a Sua procura tão firme quanto podia ir. Vêem? Ela sabia que Ele era aquela Palavra manifesta.
48 Não há dúvida de que ela tinha lido a história de Elias em seu dia. Agora, ele era a Palavra de Deus manifesta naquele dia. Ele era um profeta, e a Palavra do Senhor vem ao profeta. E havia uma mulher lá, que tinha um nenezinho que lhe fora dado através de uma benção com o profeta a abençoara, e ela teve a criança.
49 Um dia, cerca de onze horas, ele deve ter tido uma insolação. Ele estava fora no campo com seu pai, a Bíblia não disse que foi, digo que foi uma insolação, porém ele começou a gritar, “Minha cabeça! Minha cabeça!” Cerca de onze horas do dia. E ele tinha um servo, o pai mandou, levá-lo para casa. Ele deitou-se no colo de sua mãe até cerca de meio-dia, ficou cada vez mais doente, e finalmente morreu.
50 A agora, ao invés de pouparem, todos os vizinhos chegaram gritando e se agitando. Porém aquela mãe firme, seu bebê estava morto, ela subiu com ele ao quartinho que ela providenciara para o profeta, e o deitou sobre sua cama, assim. E disse ao servo, “Sela-me uma mula, e guia em frente, e não te detenhas senão quando to disser.” Oh, que coisa! É isso aí!
51 Nós não temos tempo para discussões e agitações desnecessárias. Esse dia já passou. Continuemos. Nós temos que chegar lá. Nós temos uma necessidade.
52 E assim ele disse, “Vá em frente, e não diminuas a tua marcha até que te ordene”. E eles foram até que chegaram a Elias.
53 Elias, sendo um homem de Deus, não como Cristo; Cristo sabia todas as coisas, porque Ele era Deus. Elias era uma porção de Deus. Aquilo era Cristo em Elias. E aquela era a mensagem da hora, pois a Palavra do Senhor para aquela hora estava com aquele profeta.
54 Jesus era a plenitude de todos aqueles profetas, cada um deles apenas O manifestava. Isso é tudo. Por todo o tempo desde José, desde as trinta peças de prata, em todo lugar, Ele – Ele retratava Cristo. Assim fez Moisés!
55 Davi, assentado como um rei rejeitado sobre o monte, chorando porque fora rejeitado. Oitocentos anos após isso, o Filho de Davi assentou-se em um monte. Aquele era o Espírito de Cristo em Davi lá. E Ele… Oh! Ele era ambos, a raiz e a geração de Davi. E assim Ele assentou-se sobre o monte, chorando, como um Rei rejeitado, “Jerusalém, Jerusalém, quantas vezes quis te ajuntar, como a galinha ajunta os seus pintainhos. O que era isso? Era Cristo lá atrás.
56 Era Cristo clamando quando Davi escreveu o hino, “Deus Meu, porque Me desamparaste. Todos os Meus ossos, eles Me contemplam. Transpassaram-Me as mãos e os pés. Repartem entre si os Meus vestidos. Lançam sortes sobre a Minha túnica.” Aquele era Cristo falando em Daví. Isso mesmo. Ele era a manifestação da Palavra. Cristo veio para cumprir aquelas coisas que haviam sido faladas pelos profetas, porque a Palavra era com os profetas.
57 Ele disse isso na lição a última noite, que Ele veio para cumprir o que os profetas tinham dito a Seu respeito, porque eles tinham a Palavra. E Elias era profeta de Deus, a Palavra daquele dia.
58 Assim a mulher sunamita permaneceu com aquele profeta até que ele veio e manifestou o poder de Deus, e deitou-se sobre o bebê, e o bebê voltou à vida.
59 Agora Marta deve ter reconhecido isso, embora ela estivera ocupada cuidando da casa, lavando louça, e assim por diante. Mas ali ela mostrou suas cores. Ela mostrou o que realmente estava nela. Ela foi encontrá-Lo imediatamente. Se Deus estava em Elias, Deus tinha de estar em Cristo, porque Ele havia provado que era aquela Pessoa. Amém. Eu gosto disso, essa determinação! Ela foi a Ele. Ela tinha de ir ao Seu encontro. E ela descobriu lá, assim que chegou a Ele – a Ele; agora lembrem-se, sabia que Ele jamais mudara, que Deus nunca muda Seu programa. Se Ele estava em Elias e podia ressuscitar os mortos, Ele estava em Cristo e podia ressuscitar os mortos, mesmo que Ele não o tivesse feito, porque é o mesmo Deus.
60 Nem tão pouco tem Ele mudado ainda! Ele é tanto Deus esta noite como sempre foi. Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Ele não muda.
61 E Ele sabia que ela sabia que aquilo estava n’Ele. Observem, apenas em poucos minutos isso ficou provado, quando ela disse-Lhe algo sobre seu irmão, e disse, “Senhor, eu – eu creio que Tu és”.
62 E Ele disse, “Eu sou a ressurreição e a Vida. Ainda que ele esteja morto, viverá. E todo aquele que vive e crê em Mim nunca morrerá. EU SOU.” Esse é o EU SOU que estava na sarça ardente, com Moisés. “Eu sou a Ressurreição. Eu sou a Vida. Eu era a muralha. Eu ainda sou Ele. Eu sou a Ressurreição e a Vida. Quem crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo aquela que vive e crê em Mim, nunca morrerá.” Após essa grande evidência que ela tinha, de que Ele era a Palavra prometida; quando Ele disse, Sendo um Profeta, não podia mentir; por isso Ele, quando Ele disse, “Eu sou o EU SOU. Eu sou Aquele que é a Ressurreição e a Vida.”
63 Ela disse, “Eu creio que Tu és o Filho de Deus que havia de vir ao mundo. Embora meu irmão esteja morto, deitado lá na sepultura, ele está….seu corpo agora está em decomposição; mas mesmo agora, tudo o que disseres, acontecerá.” Certo!
64 Tudo o que ela queria era ouvi-Lo dizer aquilo! Amém. Oh, Marta, onde estamos nós esta noite? “É só falar a Palavra; meu servo viverá!” Somente ouça-O dizê-lo! Eles podiam ter vindo dizer a ela que Ele o dissera, mas ali estava Ele mesmo. Ó Deus, abra os olhos cegos, que eles possam ver! Quando Ele, em Sua Presença, fala a Palavra, sempre é manifesta.
65 Ela disse, “Tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederás. Somente deixe-me ouvir!” Ela queria que Ele dissesse a Palavra. Isso era tudo o que ela queria ouvir. Somente tomar a Palavra, isso era tudo o que ela necessitava, ouvi-Lo dizer que Ele o faria.
66 E Ele o teria feito ali mesmo, mas vêem, pela visão que o Pai Lhe mostrara, Ele tinha que estar junto à sepultura. Oh, que coisa! Mantenha sua fé! Deus está fazendo tudo certo. Tudo estará bem. Foi só esperar até que ela chegasse à sepultura.
67 Notem, ela poderia conseguir que Ele o dissesse, mesmo quando Ele ainda estava….Todas as esperanças perdidas, e tudo mais. Ele estava morto, apodrecendo na sepultura, porém tudo o que ela queria, era ouvi-Lo dizer aquilo.
68 Agora quando Ele disse, “Eu sou a Ressurreição e a Vida”, ela o creu. Ela o creu. Agora notem, agora ela tinha que crer no impossível, quando O ouviu dizer, “Eu sou a Ressurreição e a Vida. Embora ele esteja morto, viverá, e todo aquele que vive e crê em Mim nunca morrerá.” Disse, “Você crê nisso?”
69 E ela disse, “Sim, Senhor, eu o creio. Eu creio que Tu és Filho de Deus que havia de vir ao mundo.” Eu gosto disso. Eu gosto disso.
70 Eu tenho dito isto antes. Isso poderia se aplicar novamente agora. Eu estava falando a uma mulher há não muito tempo atrás, era uma certa igreja que eu mencionei há pouco, que não crê que Ele era Deus, Sua Divindade; Ele foi apenas um profeta, um homem comum.
71 Verdadeiramente Ele foi isso. Ele foi isso, e mais Deus. Vêem, Ele era a manifestação. Jesus é o corpo, o filho, o homem; Deus era o que habitava n’Ele. Deus estava n’Ele. Ele era um homem-Deus. Ele era um homem, embora fosse Deus manifesto em carne. Quando vemos Jesus, vemos Deus. Foi isso que Ele disse, “Quando vocês vêem ao Pai, a Mim vêem, vocês ao Pai.” Porque, Ele era o reflexo, porque Ele era a Palavra, amém, que era no princípio. Amém.
72 Ele chamou os profetas, de “Deus”. Vocês sabem disso? Ele disse, “Vocês chamam de ‘Deus’ àqueles a quem a Palavra de Deus foi dirigida. Como podem Me condenar quando digo, ‘Sou o Filho de Deus?”
73 Porque a mesma Palavra disse que Ele estaria lá , e aí está a Palavra manifesta novamente. E mesmo assim eles não o creriam.
74 Essa mulher me disse, “Eu posso provar a você.” Disse, “Eu gosto de ouvir-lhe pregar, mas há uma coisa que você exagera.”
“Bem, qual é?”
Disse, “Você exalta demais a Jesus.”
75 Eu disse, “Espero que isso seja tudo o que Ele tenha contra mim quando vier.” E ela disse….Eu disse, “Espero que isso seja tudo que Ele possa, falta que Ele possa encontrar em mim.” Eu disse, “Se eu tivesse dez mil línguas, não poderia falar suficientemente, oh, que coisa, o que Ele é!”
Ela disse, “Mas, você, você, você O faz Deus.”
76 Disse, “Ele era. Ou, se Ele não fosse, Ele seria o maior impostor que o mundo jamais teve.”
Ela disse, “Ele era um profeta.”
77 Eu disse, “Ele era um profeta, isso é verdade: um profeta-Deus, a plenitude da Palavra. O profeta simplesmente tem a Palavra dirigida a ele, isso é que o faz – o fez um profeta. Porém Ele era a plenitude daquela Palavra.”
78 E ela disse, “Eu posso provar a você.” Disse, “Você O faz Divino.”
Eu disse, “Ele era Divino.”
E ela disse, “Ele não pode ser Divino.”
Eu disse, “Mas Ele era.”
Ela disse, “Você disse que cria na Bíblia.”
Eu disse, “Eu creio.”
79 Ela disse, “Eu provarei a você, pela sua própria Bíblia, que Ele não era Divino.”
80 Eu disse, “Faça-o. Se a Bíblia disser assim, então crerei, porque creio que a Palavra é certa.”
81 Ela disse, “A caminho da sepultura de Lázaro, você se lembra disso e, São João 11?”
Eu disse, “Certamente, madame.”
82 Disse, “Bem, agora, no caminho, Ele chorou. A Bíblia disse, “Ele chorou”.
Eu disse, “Certamente, a Bíblia disse que Ele chorou.”
Disse, “Como poderia Ele ser Divino e chorar?”
Eu disse, “Ele era humano.”
“Humano e Divino?”
83 Eu disse, “Sim, senhora. Você falha em ver. Ele era um – um homem andando por ali, chorando com aqueles que choravam, isso mesmo, entristecendo-se com aqueles que se entristecem. Ele era um Homem. Porém quando Ele endireitou Seu pequeno, e frágil corpo, e disse, ‘Lázaro, sai para fora’, e um homem que estava morto há quatro dias, se pôs de pé. Isso exigiu mais do que um homem, isso era Deus no Homem.” Quem pode ressuscitar os mortos, a não ser Deus? Ele é a Ressurreição e a Vida! Isso mesmo.
84 Aquela noite mar adentro, quando Ele estava lá fora, cansado, deitado na popa do barco, quando dez mil diabos juraram que iriam afoga-Lo aquela noite, e aquele velho barquinho sacudindo-se de um lado para outro como uma garrafa arrolhada em um mar tempestuoso. Aqueles diabos pensaram, “Nós O pegamos agora. Ele está adormecido; afundaremos todo o grupo.” Oh, Ele era um homem, cansado, porém quando uma vez Ele se levantou, colocou Seus pés sobre a passadeira, e elevou os olhos e disse, “Aquietai-vos,” e os ventos e as ondas O obedeceram. Aquele era mais do que um homem.
85 Ele era um homem quando estava faminto. Ele desceu da montanha, procurando por um pedaço de pão ou algo para comer, ou um figo de uma árvore. Porém quando Ele tomou cinco pãezinhos e dois peixes, e alimentou cinco mil, aquele era Deus naquele homem. Isso mesmo.
86 Oh, todo homem que alguma vez tenha tido algum valor creu nisso, todos os poetas que creram nisso. Não é de se admirar que um escrevesse:
Vivendo Ele me amou; e morrendo, me salvou;
Sepultado, Ele levou meus pecados para bem longe;
Ressuscitando, Ele justificou gratuitamente para sempre;
Algum dia Ele voltará, oh dia glorioso!
87 Eddie Perronet, quando suas canções não vendiam. Um dia, tremendo sob o impacto do Espírito Santo, apanhou uma caneta, e escreveu a canção de investidura, quando escreveu:
Todos aclamem o poder do Nome de Jesus!
Que Anjos se prostrem;
Tragam o diadema real,
Coroem-No Senhor de tudo!
88 Aleluia! Certamente, é isso que nós cremos que Ele era. Sim, Senhor.
89 Ela teve que crer no impossível agora, para o pensamento moderno daquele dia. Assim você tem que crer no impossível, para ver a nova Vida, para ver algo acontecer. Porém se Ele reconheceu… Ela O reconheceu como a Palavra, então o impossível pode acontecer, porque Ele é o criador, e irá manter-Se fiel a tudo que disse.
90 “E tudo é possível àqueles que podem crer.” Esta é Sua Palavra. Simplesmente o impossível é manifesto quando Deus é tomado em Sua Palavra. Sim, senhor. Quando Deus é tomado em Sua Palavra, o impossível é – é manifesto. Quando Deus diz que isso será, então tome aquele Palavra e observe que, o impossível acontece. Certamente acontecerá.
91 Mas notem, mesmo em tudo aquilo, ela disse, “Mesmo agora, Senhor, tudo quanto pedires a Deus, Deus o fará.” Ela sabia que podia simplesmente obter aquela palavra vinda d’Ele. Isso era tudo que ela necessitava fazer, obter aquela Palavra. Sim, era sua hora mais sombria, e Jesus apareceu e chamou. Oh, que coisa eles viram, uma ressurreição!
Vamos examinar mais alguns, onde as horas sombrias chegaram.
92 Havia um homem certa vez, chamado Jó, um dos antigos profetas nas Bíblia. Ele era um grande homem. Ele tinha – ele tinha amado ao Senhor, e feito tudo que sabia como fazer. E Satanás desejava peneira-lo, assim ele um dia disse a Deus…Sim, ou melhor, Deus disse a ele, “Por onde tens estado, Satanás?”
93 Ele disse, “Oh, rodeando a terra e passeando por ela.”
94 Ele disse, “Observaste ao meu servo Jó? Não há ninguém na terra semelhante a ele. Ele é um homem perfeito.”
95 “Oh,” disse ele, “certo, Tu lhe dás tudo, fazes tudo por ele. Certamente, ele é um grande homem. Mas deixa-me tê-lo uma vez, e eu mudarei o tom. Eu o farei blasfemar de Ti, na Tua face.”
96 Ele disse, “Tu não podes fazê-lo.” Essa é Sua confiança em um crente. Por que? Ele é Infinito. Ele é Eterno. Ele conhece o fim desde o princípio. Ele sabia que Satanás não podia fazê-lo. Pois, Ele é a Palavra, Ele sabia o que Jó faria.
97 Agora, lembrem-se, Jó, ele o rebentou em chagas, matou seus filhos, tomou tudo que ele tinha. Sua saúde se fora. Mesmo seus consoladores vieram, e não puderam fazer nada a não ser acusá-lo de ser um pecador secreto. E o velho Jó chegou a um tal ponto que ficou tão angustiado.
98 Você tem que ficar angustiado, primeiro. Você tem que chegar a um tempo em que estamos no fim do caminho.
99 Jó chegou ao fim do caminho, quando ele disse, “Maldito seja o dia em que nascí. Que o sol nem mesmo brilhe, e a lua não ilumine à noite; que o nome nunca possa ser evocado.” E naquela angústia, então Jesus apareceu. Ele olhou e disse, “Eu vejo um homem. Uma flor morre, e é revivificada na primavera. Se uma árvore é derrubada, ela brotará ao cheiro das águas.” Ele viu toda vida botânica revivificada porém disse, “Um homem se deita, e rende o seu espírito, então onde está?” Vocês sabem que ele era um homem velho. Ele disse, “Seus filhos vieram pranteá-lo, sem que ele o percebesse. Oh, oxalá me escondesse na sepultura e me ocultasses, até que a Tua ira se desviasse. Pudesses um limite e estabelecesses um limite. Nós fomos….” E continuando assim dessa forma, falando. Ele estava no fim, de sua angústia, “O que aconteceria? As folhas vivem, voltam à árvore, as flores voltam novamente, tudo mais surge, mas um homem se deita e rende seu espírito!” Ele estava angustiado. Ele não sabia o que poderia lhe acontecer, e ele naquela idade.
100 Quando ele ficou, então Jesus apareceu. Deus levantou sua cabeça em direção ao céu, e ele viu Jesus vindo nos últimos dias.
101 Naquela hora mais sombria quando sua mulher disse, “Amaldiçoa a Deus e morre,” ele ainda disse, “Mulher, tu falas como uma doida. O Senhor o deu, e o Senhor o tomou, bendito seja o Nome do Senhor.” Até sua mulher o rejeitou. Sua igreja o rejeitou. Todos o rejeitaram.
102 Na hora sombria, quando ele não sabia para onde estava indo dalí, Jesus apareceu. Então ele clamou, “Eu sei que meu Redentor vive, e que nos últimos dias Se levantará sobre a terra. E depois de consumida minha pele, ainda em minha carne verei a Deus, vê-lo-ei por mim mesmo.” Em sua hora mais sombria, então Jesus apareceu. Sim, senhor.
103 Moisés, para Moisés, a hora mais sombria chegou para ele em Israel. Ele estava exatamente na linha de dever; encontrou Deus lá em cima na sarça, e disse, “EU SOU O EU SOU.” Ele desceu e lutou através de toda espécie de personificação de Janes e Jambres, tentando imitar seu trabalho. Tudo isso, e ele permaneceu fiel a Deus. Ele finalmente fez com que Israel cresse. E aí sai ele do Egito, subindo para a – para a terra prometida, onde Deus disse, “Servireis a Deus nesse monte.” Essa era a Palavra de Deus. Moisés sabia que ele tinha que ir para aquele monte. Amém. Deus assim dissera! Nenhum Faraó pode matá-lo. Nenhum diabo pode matá-lo. Nada pode matá-lo. Ele está vindo para aquele monte. Amém! Aleluia! Eu me sinto religioso. Ele está indo para aquele monte.
104 Assim estamos nós em nosso caminho para a Glória! Nada nos irá parar. Não, senhor. Deus vai vindicar Sua Palavra. Não me importa o que aconteça, Ele vai fazê-lo, de qualquer forma.
105 Ele está em seu caminho, bem na trilha do dever. Ali está ele, cercado entre as montanhas. Ele escuta e ouve um rugido atrás de si. O que é aquilo? As carruagens de Faraó, vindo, aos milhares; encouraçados, e lanças e coisas, para derrubá-los e esmaga-los. Lá está o Mar Vermelho, que o tinha isolado. O que ele fez? Ele ficou an-…Ele ficou angustiado. Todo o povo gritando, “Oh, estamos sob a ameaça disso agora. Faraó nos matará, suas espadas nos atravessarão. Nossos bebês morrerão aqui no deserto.”
Moisés clamou “Ó Deus!”
106 E então Jesus apareceu em cena. Ele era a Coluna de Fogo. Isso mesmo. Ele desceu e Se pôs entre ele e o perigo. Amém. Ele é nosso intermediário. Ele é nosso medianeiro, amém, um mediador. Lá Ele ficou, permanecendo lá; escuridão para os Egípcios, aqueles que estavam vindo para tentar fazer alguma coisa a respeito disso. Ele era luz para eles, para caminharem por ela. Então de manhã quando o vento começou a soprar bem forte, aquela noite, então o que Ele fez? Ele surgiu na forma da Coluna de fogo.
107 Lembrem-se, Ele ainda é aquela Coluna de Fogo. Sim, senhor. Quando Ele estava na terra, Ele disse, “Eu venho de Deus, Eu vou para Deus.”
108 E após Sua morte, sepultamento, ressurreição, e ascenção; São Paulo, a caminho de Damasco, foi derrubado por aquela Coluna de Fogo. Lembrem-se, ele era um Hebreu. Ele não teria dito isto…Ele disse, “Senhor, Quem és Tu?” Maiúscula S-e-n-h-o-r, Eloim. “Quem és Tu que eu persigo?
Ele disse, “Eu sou Jesus.”
109 Amém! Aleluia! Ele é o primeiro e o Último. Ele é tudo, “Ainda um pouco e o mundo não Me verá mais, mas vós Me vereis. Eu estarei convosco, em vós mesmos.” A mesma Coluna de Fogo, o mesmo Deus fazendo a mesma coisa, com a mesma promessa, amém, tornando manifesta Sua Palavra. “Eu sou a Ressurreição e a Vida. Eu sou Aquele que Era, Aquele que É, e Aquele que Virá.” Sim, senhor. Sim.
“Nossos pais comeram maná no deserto.”
110 Ele disse, “Eles, todos eles, estão mortos. Mas, EU SOU O QUE SOU.” Moisés…Na sarça ardente, aquele era o EU SOU. Ele ainda é o EU SOU, não eu era, EU SOU, tempo presente, todo tempo.
111 Nós descobrimos aqui que Moisés está recuado neste canto, e o Cristo tinha descido. Agora, e a Bíblia disse que, que, “Moisés teve por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito.” O vitupério de Cristo! Cristo era a unção, o logos que saiu de Deus. O Anjo, qualquer. O Anjo, qualquer leitor bíblico sabe que aquele Anjo era Cristo. E lá estava Ele no deserto, e Ele apareceu em cena, na forma em que Ele devia Se manifestar. Glória a Deus!
112 Ele vem hoje na forma, o mesmo Cristo, manifestando-O.
113 Ele lhes falara que os tiraria para fora. Ele fazendo isso. Ele veio lá para permanecer junto a Sua Palavra, para vindica-La. Então após Ele ter chegado, como Ele fez para Marta, então Ele chamou. Ele disse, “Moisés, porque clamas a Mim? Fala a este povo, que siga em frente.” Naquela hora sombria, o Mar Vermelho se abriu e eles atravessaram, em sua jornada para cumprir a Palavra de Deus. Sim, na hora mais sombria de Moisés, então Jesus apareceu. Nós temos tempo agora…E Ele chamou Moisés.
114 Nós queremos chamar a sua atenção para outro pequeno homem. Seu nome era Jairo. Há tantos deles hoje no mundo. Ele era um crente em segredo. Ele amava Jesus. Ele ouvira falar d’Ele. Ele cria Nele. Mas, vocês vêem, ele já se havia juntado a uma organização. Sim, Ele – ele – ele simplesmente…Ele não podia sair e confessa-lo. Ele cria, mas não podia confessá-lo, pois ele já se havia juntado aos incrédulos. Mas ele realmente cria nisso.
115 Vocês sabem, quando um homem chega a essa condição, muitas vezes Deus o leva a uma prova final. É em angústia que realmente mostramos nossas cores, o que realmente somos.
116 Assim lá estava ele, ele já se juntara aos incrédulos, e já tinha passado para o outro lado e colocado seu nome no livro, e assim por diante. E ele era um sacerdote, e assim ele – ele dificilmente poderia fazer uma confissão, porque aquilo era o seu vale de refeição. Mesmo assim, ele ainda cria em Jesus.
117 Um dia, sua pequena garota ficou doente, Oh, que coisa. Ele, não há dúvida que o homem escolheu, assim, chamou o doutor. O médico veio, atender à criança. A febre piorava cada vez mais, Após um tempo ela ficou tão quente, e tudo mais, que finalmente chegou ao ponto de morte. Ele estava em angústia. Ele tinha que fazer alguma coisa. Ele, ele simplesmente não sabia o que fazer. Agora ele pensou, “Se eu pudesse apenas encontrá-Lo, onde quer que esteja.” Agora ele nunca esperou até o anoitecer, como fez Nicodemos, para ter uma entrevista privada. Era tempo de ação, chegara o tempo de ação e ele devia agir então.
118 E eu penso, irmão, irmã, que é o mesmo agora. Chegou o tempo de agir. Chegou o tempo de crer ou não crer. Aquela linha de separação chega para cada homem e mulher. Chega para cada filho. Muitas vezes quando você passa aquela linha, somente resta uma coisa, o julgamento, quando você passa aquela linha.
119 Lembrem-se, ele ficou em angústia. Ele não sabia o que fazer. Lá estavam os seus sacerdotes, todos os rabinos ao seu redor. A associação esta com ele, todos lá, observando sua pequena garota morrer. O doutor do lado de fora, com suas mãos cruzadas, apertando suas mãos, “Eu dei cada remédio que conhecia, e mesmo assim….”
120 Vêem, era Jesus operando todo o tempo. Jesus estava fazendo isto com um propósito, revelar as cores daquele pequeno companheiro. Após um tempo, eu posso vê-lo ir pegar seu pequeno chapéu preto e coloca-lo, vestir seu pequeno casaco de sacerdote.
“Onde você vai?”
121 “Eu ouvi que Ele está lá junto ao rio. Eu vou procurá-Lo!” Oh, que coisa! E ele se foi embora!
122 Naquela hora de angústia, ele teve que tomar uma decisão: deixar sua filha morrer, ou reconhecer que era a manifestação da Palavra. Ele era um sacerdote, e havia lido a Palavra, e sabia que aquilo era manifestação de Deus. Deus estava em Cristo, reconciliando Consigo o mundo. Ele sabia disso, e ele foi forçado a decidir. Ou ele cometia um erro, permitia que sua filha morresse, ou fazia sua confissão. Quando ele chegou àquela angústia, foi próximo daquela hora que Jesus apareceu. Ele foi vê-Lo. Ele disse, ele disse, “Eu concordarei Contigo, o que for que Tu disseres.” E a caminho, eis que vem um mensageiro, o guarda chegou lá. Fizera sua confissão de que cria n’Ele. Ele tinha se excomungado a si mesmo então, e se exposto aos olhos públicos então, que ele era um crente em Jesus.
123 E eis que vem um mensageiro, disse, “Não incomodes ninguém, porque tua garota já morreu. Ela morreu ontem. Ela já está morta. Não, não mexas mais com isso.”
124 E, oh, seu pequeno coração como que parou. Mas ele olhou e viu aqueles olhos de Jesus, que disse, “Eu não Te disse? Não temas, se quiseres ver a glória de Deus. Por que estás assustado? Eu já te disse que iria.”
125 Ele já disse que viria. Ele já disse que faria isto, e eis que Ele o está fazendo. Amém. Ele disse que surgiria em cena nos últimos dias e faria estas coisas como Ele fez, como temos lido e falado na última noite. Eis que Ele o está fazendo. Por que vocês estão assustados?
126 Lembrem-se, quando Ele chegou, e Ele chamou-a de entre os mortos. Ele surgiu em cena e chamou-a de entre os mortos.
O velho cego Bartimeu, uma vez, chegou à sua hora mais sombria.
127 Jesus estava lá embaixo, organizara um café-da-manhã dos Homens de Negócios do Evangelho Completo lá embaixo em – em Jericó, e Ele tinha Zaqueu lá embaixo. Ele o encontrara em uma árvore, rua abaixo. Assim quando Ele estava…Bem, Ele não teria organizado nenhuma coisa mais, eu estou certo. Vêem? Assim quando Ele desceu lá, Ele – Ele o tinha, Zaqueu tinha ido com Ele.
128 O velho cego Bartimeu tinha sido cego desde que era um menininho. Assim ele pensou que Jesus pudesse vir daquele portão, e estava esperando. Após um tempo ele ouviu uma barulheira, e todos passando perto.
129 E ele ouviu o sacerdote dizendo, “Ei! Ei, Você, Você aí subindo a colina! Você – Você – Você… Nós ouvimos que Você ressuscita os mortos. Nós temos todo um cemitério cheio deles aqui em cima. Se Você é o Messias, se Você é o Messias, suba aqui e ressuscite estes mortos.”
130 Vocês sabem, aquele mesmo diabo ainda vive, vêem, na forma de religião, da mesma maneira. Vêem?
131 “Se Você é o Messias, nós….Ressuscita os mortos; nós temos um cemitério cheio deles aqui em cima. Venha. “E, Oh, todos gritando. Um gritava, “Hosana ao Profeta!” Outro gritava isto, aquilo, ou aquilo outro. Que confusão!
132 Este velho homem cego pensou, “Oh, eu O perdi. Ele apareceu lá embaixo, e eu pensei que Ele viesse aqui. Eu fui colocado no lugar errado.” E ele começou a gritar. Ele pensou, “Se Ele é a Palavra, Ele é Deus; Ele tem que ser.” Assim, “Ó Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim!” Naquela hora de angústia, ele clamou por ajuda.
133 Agora Jesus, se você notar isto aqui, estava em Jericó. Onde eles disseram que ele estava assentado, distava cento e cinqüenta jardas de onde Jesus estava. Com milhares de pessoas precipitando-se ao redor d’Ele, Ele não poderia ter ouvido o clamor daquele homem. Não. Mas Ele o sentiu. Ele parou.
134 Eu quero pregar, uma destas noites, “E então Jesus parou.” Oh! “E então Jesus parou.” Oh!
135 Porém quando Jesus parou, o que foi? Ele o chamou. “O Mestre chegou. Não te fatigues”, disseram os discípulos, “Ele te chama. Ele está chamando você.” Chamou-o dentre aquela multidão.
Ele faz a mesma coisa agora. Isto penetrou? Vêem?
136 “O Mestre veio e chamou por você.” E Ele está chamando da cegueira para a luz, da escuridão para a Luz. E Ele o chamou, passou da morte para a Vida. “O Mestre chegou e chama por ti.” E quando Ele o chamou, devolveu-lhe sua visão.
137 A pequena mulher com fluxo de sangue, uma vez, em cima na colina, tinha gasto todo seu dinheiro, com os doutores. Ela sem dúvida tinha vendido a – a parelha. Eles tinham vendido a – a fazenda, a tinham hipotecado. Eles tinham gasto tudo que podiam com os médicos, e nenhum deles lhe fizera bem algum. Ela ficava cada vez pior. O sangue não parava. Ele continuava a fluir constantemente, e ela ficava cada vez mais grave.
138 Um dia, enquanto estava tricotando, lá em cima da colina de onde ela morava, ela olhou para baixo no vale, e viu um barco chegar. Todos começaram a correr, “Hosana ao Profeta!”
139 Ela havia ouvido a Seu respeito. A fé vem pelo ouvir. Agora ela disse, “Eu descerei e darei uma olhada Nele.”
140 E quando ela caminhava lá embaixo, e pela primeira vez avistou a Palavra de Deus manifesta em carne, houve algo sobre Seu falar e Sua aparência, que ela soube que era Ele. Sim, senhor. “Oh, se ao menos pudesse atrair sua atenção de alguma forma, se ao menos pudesse toca-Lo de alguma maneira!” E ela se esgueirou através da multidão e tocou Suas vestes.
141 Agora lembrem-se, não foi o seu dedo que Ele sentiu. Não, senhor, porque a veste Palestina cai solta. E Ele…
Então Pedro disse, “Todos Te tocam.”
142 Ele disse, “Mas este é um toque diferente. Eu percebo que fiquei fraco.”
143 Jesus chegara. Seu dinheiro se fora, tudo se fora; mas naquela hora sombria quando o sangue não parava, e os doutores não podiam pará-lo, Jesus chega. E o que Ele fez? Ele a chamou. Olhou ao redor até que a achou, e Ele disse, “Você tinha um fluxo de sangue, mas ele parou.”
144 “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente.” O Mestre chegou e chama por você. Ele chegou e chamou.” Ele chamou-a de volta à saúde.
145 A pequena mulher junto ao poço, de quem falamos a última noite, perdera todas as esperanças. Talvez, talvez seu quinto marido a deixara, e ela acabara de pegar o sexto naquela noite, e ela – ela estava um pouco em dúvida a respeito dele. Moralmente, ela estava acabada. Ela queria ser uma verdadeira dama; ela, sem dúvida, ela tinha estado lendo a Bíblia.
146 E ela estava indo ao longo dali, subindo cerca de onze horas. Ela não podia vir de manhã cedo quando as mulheres virtuosas vinham. E elas carregavam sua água sobre suas cabeças, e os jarros, e desciam de volta. E assim ela não podia vir, misturar-se com eles. Eles, eles tinham uma segregação disso naquele dia, o certo e o errado não se misturavam. A imoral ficava em seu lugar, assim ela não podia vir com o resto delas. Eles não a deixariam vir. Assim após todos terem obtido suas águas e voltado…Ela veio para Melhor.
147 E então ela sobe lá com este pote sobre sua cabeça, não há dúvida de que ela prosseguia, pensando, “Agora, o homem com quem casei, consegui a última noite, eu estou duvidando dele. Ele é um homem, ele age tão estranho. Eu – eu nada sei a seu respeito. Eu não tive uma chance. Eu estou banida da sociedade. E não posso ir a estas igrejas; eles não….Olhe para eles! Eu não sei o que fazer. Eu estou em angústia. E eu tenho estado lendo a Bíblia; seguramente. Algum dia, aquele Profeta aparecerá em cena. Agora eu sei que eles alegam que não há tal coisa, e , ‘isto pode ser talvez daqui a cem anos, e daqui a mil anos. Nós temos esperado por isso há milhares de anos, e nunca aconteceu ainda, assim não estamos esperando por isso agora. Tudo é assim. Oh, não, nós temos igrejas e coisas. Não precisamos de nada como aquilo agora.’” Assim então ela prosseguia lá, pensando.
148 Você sabe, quando você pensa sobre Ele, é quando Ele aparece a você. Como nós tivemos a última noite, quando eles estavam a caminho de Emaús.
149 Quando ela pensava sobre estas coisas, ela ouviu um Homem dizer, “Dá-Me de beber.”
150 Que tal isso? Em sua hora mais sombria, quando sua moral se fora. Talvez uma bonita senhorita, posta na rua para viver assim. Muitas vezes não é culpa da garotinha, é culpa dos seus pais, por deixarem-na sair assim. E lá estava ela, talvez seus pequenos cachos de cabelo pendentes; ela estava esgotada, prosseguindo, cansada, e ninguém queria nada com ela, a criança, e talvez uma grande estória por detrás disso.
151 De qualquer forma, eu sei de uma coisa, ela tinha lido a Bíblia, e ela cria na Bíblia. E havia uma pequena semente dentro do seu coração, disse, “Se isso de alguma forma acontecer, eu o saberei.” Ela era predestinada para aquilo.
152 Olhem para aquele velho Judas lá de pé e agindo como ele agiu. Estava escuro lá no fundo do seu coração. A Luz estava brilhando aqui em cima em suas obras, mas dentro de seu coração ele não cria Nisso. E ali estava ela… Vêem, a Luz não podia tratar daquilo. Mas ali estava ela, creio, ela cria Nela, mas sua vida estava obscurecida; quando a Luz atingiu, Ela arrancou a escuridão. Mas quando a Luz atingiu aqui em cima, Ela obscureceu isso completamente. Essa é a diferença.
153 Vêem, ela nasceu para aquele propósito. Ela, ela disse, quando Ele lhe falou quantos maridos ela tivera, ela…O que aconteceu? De repente ela ficou como que excitada. Ela ficou em angústia. Ela disse, “Senhor, percebo que és um profeta. Eu sei que quando o Messias vier, Ele fará estas coisas.”
154 Então Ele a chamou. Então Ela a chamou. “Eu O Sou, Eu que falo contigo.” Ela reconheceu isso pela Palavra de Deus. Ele a chamou de seus pecados, para uma Vida. E seu nome está na Bíblia, e hoje ela tem Vida imortal.
155 Ele pode chamar você da mesma maneira, por que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. O…
156 Sim, sua moral se fora, mas mesmo assim ela reconheceu que Ele tinha aquele discernimento. Ela reconheceu que aquele tinha que ser o Messias. Então quando Jesus disse, “Eu O sou, Eu O sou”, ela reconheceu que era.
157 Uma vez os discípulos estavam fora no barco, sem esperanças. As tempestades, eles tinham saído sem Jesus, e as tempestades estavam para – assim como tinha sido na casa de Lázaro. Todas as esperanças tinham acabado. O velho barquinho inundado. E eles estavam gritando e clamando, e talvez, orando e se comportando assim, e relampejando, e o bote cheio de água, as estacas de mastro tombadas, e os remos quebrados, e eles estavam segurando uns aos outros, clamando.
158 E naquela hora das mais sombrias, então Jesus aparece caminhando. Mas Ele se parecia com uma sombra para eles. Ele parecia assustador, como um espírito, e eles gritaram com medo.
159 Este é o que é o problema hoje. Jesus vem na hora de sua hora sombria, e você tem medo Disso. Você não sabe o que é Isso.
160 Eles não sabiam o que Ele era. Eles disseram, “Oh, é um espírito!” Eles estavam gritando.
161 E então Ele os chamou, e disse, “Não temais, sou Eu.” Na hora mais sombria, Jesus apareceu, a esperança deles. Esta é a maneira que Ele sempre faz, vem na hora mais sombria. Então Jesus chegou e Se manifestou, e veio para eles.
Pedro disse, “Se é Tu, manda-me ir por cima das águas.”
Jesus disse, “Vem.”
162 Vocês sabem de uma coisa, amigos? Logo Ele virá para aqueles nestes últimos dias. Agora, não é estranho que a igreja tenha chegado de novo a esta hora sombria?
163 Eu vou dizer algo aqui. Não é uma doutrina. Eu estou apenas profetizando. Vocês sabem o que tem acontecido? Vai chegar a um ponto, logo, marquem minha palavra, que todas as denominações terão que se juntar ao Concílio Ecumênico. Se elas não o fizerem, não terão o apoio do Concílio. Portanto, haverá um boicote, e ninguém poderá ir para estas igrejas, ou ir para qualquer igreja; a menos que você tenha uma marca de sua própria igreja, você não pode comprar ou vender. Vejam vocês isso da maneira que foi, assim isso está para ser novo, uma marca da besta. E a igreja, eles estão realizando isso, pessoas espirituais.
164 E vocês Pentecostais, de alguma maneira, o estão reconhecendo. Vocês começaram a senti-lo. Quando suas igrejas, muitas das organizações Pentecostais; eu não tenho que citar seus nomes, mas vocês sabem que elas estão agora mesmo, estão entrando nisso. Elas têm de fato testemunhado que elas estão. E quando você faz isso, o que você vai ter de fazer? Vai ter que se privar do seu ensinamento Evangélico do batismo do Espírito Santo. Você vai ter que se privar de sua doutrina da Bíblia.
165 E os membros não irão tolerar isso. Cristãos verdadeiros nascidos de novo morrerão, primeiro. Eles são nascidos pela Palavra. Eles sabem que esta coisa está vindo. Sim, senhor.
166 E não é estranho que bem nesta hora mais sombria, então Jesus aparece e nos chama, e diz, “Não se assustem. Sou Eu. Ainda estou com vocês. Estou aqui para manifestar Minha Palavra.” Como Ele era então, assim é Ele agora. Ele disse que faria isso. Oh, que coisa! O Mestre chegou e nos tem chamado.
167 Muitas pessoas doentes aqui, sem dúvida, que elas estão assentadas aqui, e o doutor disse a você que não há qualquer – qualquer esperança para você. Você pode estar em sua hora mais sombria, mas, lembre-se, o Mestre chegou e chama por você.
168 E um dia, um dia, o Mestre virá e chamará por cada nome que está escrito no Livro da Vida do Cordeiro. Se o seu não está lá, tenha-o lá agora, pois Ele virá e chamará. Mesmo aqueles que estão na sepultura ouvirão Sua Voz e sairão para a Vida. O Mestre virá e chamará por você. E enquanto Ele está chamando hoje, responda e faça preparativos para aquele Dia, é o meu conselho à você.
169 A promessa desta era, Ele prometeu estar aqui. As coisas que Ele fez, Ele prometeu fazer de novo, e agora de novo o Mestre chegou e chama por você.
170 Inclinemos nossas cabeças. Eu tenho em torno de mais seis páginas aqui, mas eu – eu não posso entrar nisso agora. Inclinemos nossas cabeças. Eu prometi largar cedo, e já passa um quarto.
171 Pai Celestial, Ó Senhor, deixe acontecer de novo. Todas estas coisas que tenho dito, “Jesus chegou e chama por ti.” O que Ele faz quando chega? Ele chama. E deixa-o acontecer de novo, Senhor. Deixa o Teu Santo Espírito vir entre as pessoas esta noite, o Senhor Jesus na forma de – de Espírito. Deixe-O vir esta noite e Se revelar, e então Se manifestar. Como aquelas pessoas como elas creram, nós também creremos Senhor. Há muitos aqui, talvez, que nunca tiveram esta oportunidade. Nós pedimos que concedas isso a eles esta noite. Pois pedimos para a glória de Deus, no Nome de Jesus. Amém.
172 É isso aí irmã, porém simplesmente prossiga com isso. Ótimo. Continue em frente. Oh, bem quietos, todos.
173 Você crê que Ele chegou? Ele chegou. Ele ainda chama quando chega? Agora se você simplesmente crer. Se você simplesmente crer na Palavra de Deus, Deus o concederá.
174 Agora olhem, eu não tenho tempo para chamar a fila de oração aqui em cima. Eu vou chamá-los esta noite, aí mesmo, se o Senhor quizer. O Mestre chegou. Ele chegou para cumprir Sua Palavra no último dia. Ele é hoje, o que foi então. Aquela que foi Sua manifestação ou identificação de então, o é hoje, porque Ele ainda é a Palavra de Deus. Vocês crêem nisso? [A congregação diz, “Amém.” – Ed.] E a Palavra de Deus discerne os pensamentos, intenções do coração. E a maneira como Ele fez então, é a maneira como sempre Ele tem feito. Ele ainda é o mesmo. Se Ele fizesse isso agora, vocês creriam n’Ele? Isso vocês crerem n’Ele?
175 Vocês aí agora, deixem-me olhar primeiro e ver se há alguém que eu conheça, sentado em algum lugar aqui, que eu conheça.
176 Todos que estão ao redor, até aqui, que não me conhecem, levantem suas mãos; sabem que eu não conheço nada a seu respeito, e estão doentes, levantem suas mãos. Eu creio que todos. Muito bem, agora, creia. Apenas creia de todo seu coração. Não duvide. Tenha fé. Creia em Deus.
177 Eu vou lhes pedir para ficarem bem quietos, ficarem sentados. Não se movimentem por aí agora, por favor. Vêem? Você é uma – uma alma, corpo, e espírito. E seu espírito….E o Espírito Santo é muito tímido.
178 Quantos se lembram, há muitos anos atrás, que o Espírito Santo, quando e apareci aqui e lhes disse? Quando eu tomava as pessoas pela mão, Ele me disse que este discernimento viria, e então tomaria lugar? Vocês se lembram, se lembram disso? Mas Ele disse, “Se você conseguir que as pessoas creiam em você.” Lembram-se daqueles dias, muitos anos atrás? [A congregação diz, “Amém.” – Ed. ] Você tem que crer.
179 Eu tinha visto um homem, eu creio que foi aqui em baixo na outra reunião, sentado bem aqui. E o Espírito Santo… Eu tinha estado observando-o quando pregava. Ele era um aleijado. Ele tinha muletas sob seus braços. E exatamente quando eu começava a fazer a chamada, Satanás veio ao homem, uma sombra escura. E eu observei aquilo com meus próprios olhos. Ele se levantou e foi embora. Ele sempre será aleijado, vêem. E assim, ele, quando ele seria curado bem ali se ele apenas – apenas… Vêem? Porém, apenas, eu não sei porque. Eu acho que ele simplesmente ouviu ao inimigo. Mas se você permanecer e observar aquelas sombras, ver aquelas coisas em forma, a maneira que são, e observar como fazem. Vêem, seria isto.
180 Agora, eu não posso curar. O homem que lhe diz que pode curá-lo, está errado. Você já está curado. Porém, trata-se de reconhecer a Presença de Jesus Cristo. Agora se Marta reconheceu que se pudesse vê-Lo novamente, conseguiria seu desejo, porque Ele era a Palavra manifesta, não podemos nós crer esse tanto esta noite, para crer nisto? Seguramente, nós devemos. Ele chegou. Ele chegou, Ele chegou na forma do Espírito Santo. É Isso que Ele é. Agora apenas ore.
181 Vêem, aqui em cima, se eu tivesse alguém de pé aqui, bem aqui junto a mim, apenas – apenas orando; visto tantas pessoas orando, por todo o edifício. Você simplesmente tem que observar isso. Você não pode dizer. “Diga, Irmão Branham….” Não, senhor. Eu – eu não poderia fazê-lo, não mais do que você pode sonhar-me um sonho.Vêem? Você poderia sonhar. Você, Deus poderia fazê-lo sonhar um sonho comigo, creia, mas você não pode fazê-lo por si próprio. Você não pode dizer, que, “Irmão Branham, eu vou sonhar com você agora.” Não, você não pode fazer isso. Tão pouco eu posso ver uma visão. Quem quer dê um sonho a você, esse é quem tem que faze-lo. Da mesma forma é com uma visão.
182 Eu vejo um homem sentado bem aqui no fim da fileira, com artrite. Se ele crer de todo seu coração, Deus o curará da artrite. Você crê que Ele o fará, senhor? Sentado lá adiante, o Mexicano, sentado no fim da fileira, você o crerá? Muito bem, senhor.
183 A senhora sentada próxima a você, ela também tem artrite, também. Você crê que Deus a curará, senhora? [Isto está reverberando com isso? Receio que as pessoas não ouçam.] Você crerá? Muito bem.
184 Que tal a outra pequena senhora Mexicana sentada junto a ela? Ela está sofrendo de uma enfermidade estomacal. Você crê que Deus curará seu estômago, senhora?
185 Ela o conseguiu. Quando vejo aquela Luz descer, isso significa que aconteceu. Sim. É isso aí. Ela a atingiu. Lá estava Ela, girando bem ao redor…..[Espaço vazio na fita – Ed.] …..isso faz aquilo. Vêem? Quando Ele pode encontrar a fé! Vêem, “Muitas coisas Ele não pode fazer por causa da incredulidade deles.”
186 Aqui está uma senhora sentada aqui orando, bem aqui. Ela está assustada. Ela deve estar. Ela está num estado canceroso, muito ruim. Eu não conheço você, mas Deus a conhece. Você crê que Deus pode me dizer sobre este câncer, ou alguma outra coisa? Olhe para mim. Há tantos aí orando, você vê, é por isso que estou dizendo isto. Olhe para nós. Agora, sim, você não é daqui, este não é seu lar. Você é de um lugar chamado Porterville, Califórnia. Isso mesmo. Você crê que Deus pode me dizer quem você é? Ele sabe. Seu nome é Sra. Wintham. Isso mesmo. Agora creia, e o câncer a deixará. Se puderes crer! Isso é tudo que Deus pede que você faça. Se puderes crêr!
187 Não crê você nisso de todo seu coração? Alguém nesta seção aqui, não pode você crêr? O Mestre chegou e chama por você. Ele está chamando você da morte para a Vida, da doença para a saúde.
188 Aqui está um homem sentado bem aqui atrás, cabeça baixa, orando. Ele na verdade não está orando por sí, ele está orando a respeito de outro alguém. É uma – uma garota. É sua filha. Você crê, senhor? Você tem problema com suas pernas. Você tem problema com seu joelho. Isso mesmo. Não há necessidade de chorar, é Ele aí junto a você. Sua filha está em um hospital, não? Caso de tuberculose. Você crê. Você crê? O Mestre chegou e chama por ela. Você crerá que a encontrará totalmente boa? Sim? Que Ele possa visitá-la esta noite, e você, e isso possa acabar.
189 Aqui está um pequeno menino, pequeno menino de rosto moreno. Ele está sofrendo de uma doença na pele, e asma, um pequeno menino Mexicano, menino Mexicano sentado lá. Ele não é daqui. Ele é de San José. Você crê, filho? Outra coisa, seu pai está aqui com você. Ele é um ministro. Isso mesmo. Você crê que Deus pode me dizer qual é o sei nome? Isso o faria crêr bem profundamente? Seu nome é Reuben. Agora creia. Muito bem.
190 O Mestre chegou e chama por você. Oh, pecador, oh, doente, você não vê o Mestre manifesto em seres humanos, entre crentes? Ele chegou para chamar seus filhos crentes à saúde. Ele chegou para chamar o pecador ao arrependimento. Apóstata, membro de igreja, o Mestre chegou e chama por você.
191 Você crê nisso? Você crê por sua necessidade agora mesmo? Se você crê, levante sua mão, diga, “Eu creio por minha necessidade.” Então levante-se sobre seus pés e aceite. O Mestre chegou e chama por ti. E quem quer que você seja, qualquer que seja a necessidade que você tenha, o Mestre chegou e chama por você. Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente.
192 Aquela pequena mulher entrou na cidade, e disse, “Venham, vejam um Homem Que me disse o que estava errado.” Você não entrou na cidade. Você veio e o viu, por sí próprio, assim o Mestre chegou e chama por ti.
193 Levante suas mãos e louve-O, e diga, “Senhor Jesus, sou um pecador; perdoa-me. Eu sou um apóstata; toma-me de volta, Senhor. Preciso de Espírito Santo; encha-me. Estou doente; cura-me. Estou aleijado; faça-me bom.” O Mestre chegou e chama por ti. Levante suas mãos agora e dê louvor a Ele. Amém.
194 Dê-nos um pequeno acorde aqui, “Eu o louvarei, eu O louvarei.” Vocês conhecem, “Eu O louvarei.” Vocês conhecem esse, não? Vocês crêem?
Eu O louvarei, Eu O louvarei,
Oh, louvai o Cordeiro morto pelos pecadores;
Dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu Sangue lavou cada mancha.
195 Você O ama? Ora você não gosta de cantar para Ele enquanto Ele está aqui? Ele é um Espírito movendo-se através do edifício. Ele conhece seus corações, conhece tudo sobre vocês. Vamos cantar para Ele, de todo nosso coração.
Eu O louvarei, (erga suas mãos quando você o fizer),
Eu….(agora louve-O)….O louvarei,
Oh, louvai o Cordeiro morto pelos pecadores;
Oh, dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu Sangue lavou cada mancha.
196 Oh, senhora, você na cadeira de rodas, se você simplesmente crêr um pouco mais aí mesmo. “Eu…” Vamos tentar uma vez mais. Eu estou esperando algo.
Eu O louvarei, eu O louvarei,
Oh, louvai o Cordeiro morto pelos pecadores;
Dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu sangue lavou cada mancha.
197 Agora enquanto cantamos isso de novo, volte-se, segure a mão de alguém, enquanto cantamos, cante, “Eu O louvarei.” Vamos, todos juntos agora.
Eu O louvarei, eu O louvarei,
Oh, louvai o Cordeiro morto pelos pecadores;
Dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu Sangue lavou cada mancha.
198 Oh, pecador amigo, você não quer vir até aqui em cima agora? Suba e dê louvor a Ele, todos vós. Todos vocês que quiserem confessá-lo como Salvador. Em Sua Presença, enquanto os santos estão adorando no Espírito, você não quer vir aqui e ficar de pé? Diga, “Eu quero testificar esta noite. Eu quero dar-Lhe louvor. Eu quero vir. Eu não estou envergonhado d’Ele. Eu quero que o mundo saiba que O aceitei como meu salvador, bem aqui enquanto Ele está presente.” Venha enquanto cantamos.
Eu O louvarei, (não quer vir?) Eu O louvarei,
Oh, louvai o Cordeiro morto pelos pecadores;
Oh, dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu Sangue lavou cada mancha.
199 Oh, é isso aí, senhora, venha já. Quem mais virá, na Presença de Cristo? Venha já até aqui, irmã, fique de pé aqui.
200 Alguma outra pessoa que O quer como seu Salvador, agora mesmo, que não está envergonhado. Ele disse, “Se você se envergonhar de Mim diante dos homens, Eu Me envergonharei de você diante de Meu Pai e dos santos Anjos.” Se você não está envergonhado Dele agora, e você O quer como seu Salvador, enquanto Ele está aqui! Você o tem visto. È tão perfeito, a Própria Palavra torna Isso conhecido. Venha enquanto os santos estão adorando agora. Não quer vir?
201 Deus o abençoe, senhor. Aqui vem uma velha senhora, chegando a uma boa idade. Você não quer vir agora?
Eu…(cante agora)… Eu O louvarei…
202 Isso mesmo, jovens, venham já. Apenas louve. Deus a abençoe, senhora, essa é a maneira de fazê-lo. Deus abençoe vocês jovens.
…morto pelos pecadores;
Dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu Sangue lavou cada mancha.
203 Enquanto os ministros estão indo a estas pessoas agora ninguém mais quer vir? Apóstata, você virá, dizer, “Estou envergonhado de minha vida”? Aqui está Ele. Você crê que eu seja servo de Deus? Levante suas mãos. Ora, Jesus Cristo está em nosso meio. Não quer vir?
Dai-Lhe glória….. (Não quer vir dar-Lhe glória?).
…. vós,
Pois Seu Sangue lavou….
204 Marta, você está vindo, ou vai ficar em casa com Maria? Você vai ficar atrás em alguma organização, e dizer, “oh, minha igreja não crê n’Isso dessa maneira”, quando Cristo é manifesto? Você vai permanecer atrás e dizer isso, ou vai sair? “Bem, eu vou lhe dizer, quando eu….”Não. Hoje, a hora é esta. A morte paira ao seu redor, como a filha de Jairo.
205 Venha agora! Apóstata, venha agora. Pecador, venha agora. Esta é a hora. O Mestre chegou e chama por você. Ele está chamando você. Você diz, “Como sei?” Ele está usando minha voz. Se Ele usa minha voz para contar doenças, aflições e coisas, não sabe você que Ele também está chamando pelo pecado. Saia! Venha agora, esta pode ser a última oportunidade que você terá.
206 Uma vez mais, há mais aqui que deviam vir, amigos. Eu não quero embaraça-los, chama-los dessa forma. Isso não é certo. Se vocês às vezes talvez….Aqueles Fariseus pensavam que estavam salvos, mas não estavam. Você está pensando a mesma coisa. Venha agora.
207 Esteja certo! Não, não se arrisque em parte com isso. Se há uma pequena dúvida em sua mente, não se arrisque. Venha já. Agora é a hora, agora enquanto a Fonte está aberta, enquanto o Espírito Santo está aqui. O Mestre chegou. Essa pequena dúvida, é o que Ele está tentando lhe dizer, “Você está duvidando.” Pare com isso. Venha, agora. O Mestre chegou e chama por tí. Isso mesmo, mantenham-se vindo, mantenham-se vindo.
Eu O louvarei, eu O louvarei,
(Não quer vir louvá-Lo?)
Louvai o Cordeiro morto pelos pecadores;
Dai-Lhe glória, todos vós,
Pois Seu Sangue lavou cada mancha.
208 Agora enquanto os pecadores estão vindo, para reivindicá-Lo; deixem as pessoas louva-Lo, enquanto cantamos agora. Levante suas mãos, cante, e louve-O, todos juntos.
Eu O louvarei, eu O louvarei,
Louvai o Cordeiro morto pelos pecadores!
209 Louve-O simplesmente! Vocês pessoal aqui e ao redor, orem, peçam-Lhe para perdoá-los. É isso que Ele fará. O Mestre chegou e chama por você. Deus abençoe vocês.


ESTE SITE FOI CRIADO USANDO